Remoção de chuva ácida: como fazer de forma rápida e fácil

Remoção de chuva ácida: como fazer de forma rápida e fácil

Ixi! Foi só chover um pouquinho e o carro ficou todo manchado! Será que tem solução? Felizmente, a resposta é sim. Neste artigo, aprenda como é o procedimento para remoção de chuva ácida.

A chuva ácida é um fenômeno muito comum nas grandes cidades, onde há muitos carros e indústrias.

Nessas regiões há grande concentração de fumaça, que sai de escapamentos de carros, motos, caminhões, bem como das chaminés de usinas, fábricas etc.

Esses gases poluentes estão cheios de material seco, que tendem a subir até se juntarem às nuvens.

Como você já sabe, quando essas nuvens se carregam, chove. O problema é que, misturados à água da chuva, estão esses contaminantes.

Os gases poluentes também têm efeitos semelhantes em outros fenômenos naturais, como o nevoeiro, a neblina e o orvalho. Esse fenômeno é a chuva ácida.

Advertisement

Mesmo que você não more perto de um grande centro urbano, há a possibilidade de os efeitos da chuva ácida te atingirem. É que os ventos “empurram” as nuvens de uma região para a outra.

Quais são os efeitos da chuva ácida nos veículos?

A chuva ácida é rica em enxofre e nitrogênio. Quando esses elementos reagem com a água, formam ácido nítrico e ácido sulfúrico.

Mesmo que você não saiba precisamente o que esses nomes representam, eles não parecem nada inofensivos, parecem? E não são mesmo.

Depois que a água da chuva evapora da superfície dos veículos, o que sobra são os contaminantes. Eles causam muitos problemas para a lataria e os vidros.

Nesse caso, o sol pode se tornar um vilão. Isso porque ele acelera a evaporação da água.

Lava rápido Barra Funda
A chuva ácida é um fenômeno comum nos grandes centros urbanos.

No mínimo, as superfícies ficam manchadas. Com isso, a acidez dos contaminantes pode fazer com que a pintura se desbote e até mesmo o metal se enfraqueça com o tempo.

Esses compostos ácidos agem microscopicamente. Com o tempo, eles vão formando milhões de poros minúsculos ao longo da lataria. Quando você menos esperar, esses danos já são visíveis a olho nu.

Misturado a outras substâncias, esse composto ácido pode ser forte o suficiente para corroer a pintura. Acabamentos que possuem partes de formato irregular podem ficar permanentemente marcados.

Além disso, veículos com revestimentos transparentes são mais vulneráveis aos danos da chuva ácida. Isso ocorre porque o acabamento é espelhado e evidencia ainda mais esses defeitos.

Saiba como é feita a remoção da chuva ácida

Por piores que sejam os efeitos causados por esse fenômeno, nada está totalmente perdido. Existem empresas especializadas em estética automotiva que fazem a remoção de chuva ácida.

Com os equipamentos e materiais adequados, a pintura do seu carro é facilmente revitalizada. Conheça os procedimentos.

Argila automotiva

Esse método geralmente funciona quando as manchas de chuva ácida ainda são novas.

A argila automotiva livra a lataria e os vidros de sujeira acumulada, fuligem e manchas. Um spray contendo água destilada ajuda a passar essa argila sobre a superfície.

O spray é pulverizado até que a superfície esteja uniformemente molhada. Então, a argila é pressionada levemente contra a superfície, em movimentos circulares.

Quando a argila começa a grudar, é hora de umedecer novamente. A argila deve continuar deslizando suavemente sobre a superfície, até trabalhar toda a área.

Carro. Remoção de chuva ácida.
Para recuperar superfícies expostas à chuva ácida, o ideal é procurar ajuda profissional.

Removedor automotivo

O removedor serve tanto para limpar vidros, como para as superfícies pintadas. Esse líquido é potencialmente perigoso, por isso é necessário que usar luvas de borracha durante o tratamento.

Algumas gotas do removedor são aplicadas em uma esponja própria. Em seguida, a esponja passa linearmente sobre a superfície, cobrindo uma área pequena por vez.

Alguns cuidados: deve-se evitar aplicar a solução em acabamentos de plástico e cromados. Além disso, para preservar o verniz, o removedor não pode ficar mais de um minuto na superfície afetada.

Após a aplicação, deve-se enxaguar com água destilada e secar logo em seguida.

Polimento e enceramento

O polimento e o enceramento protegem a pintura do seu veículo. Não só contra a chuva ácida, mas também poeira e detritos, que arranham a lataria.

Esses procedimentos servem para marcas de chuva ácida deixadas na pintura por muito tempo. Pode ser feito com um polidor de dupla ou manualmente, combinado com um composto de acabamento.

O composto de acabamento é pulverizado na seção afetada. Em seguida, uma toalha de microfibra é esfregada no local.

Os movimentos devem ser circulares, rápidos, suaves e de igual pressão. Depois de cada seção coberta, o progresso deve ser verificado.

O objetivo de manter a superfície úmida durante o polimento é diminuir as chances de arranhá-la. Isso diminuiria a clareza e o brilho do verniz.

Essa etapa é concluída com um spray contendo composto para acabamento e uma toalha limpa de microfibra.

Descontaminação da pintura

A descontaminação serve para qualquer sujeira que não sai em uma lavagem comum. Confira no vídeo abaixo como o procedimento é feito.

Como evitar os efeitos da chuva ácida?

Talvez pareça óbvio, mas nunca é demais relembrar: a melhor maneira de evitar os danos permanentes da chuva ácida é lavar o veículo frequentemente.

Uma limpeza profissional não só mantém o carro limpo e protegido, como também ajuda a prevenir os danos que a chuva ácida pode criar.

A limpeza externa reduz a quantidade de material ácido deixado na lataria e nos vidros veículo. Se o carro já estiver limpo, nada fica para trás, danificando ainda mais a carroceria quando a água evaporar.

Um detalhe importante é não deixar o carro molhado depois da lavagem. Ele deve ser secado à mão imediatamente após o serviço. O pano deve estar limpo, caso contrário, fará o efeito oposto.

Outra boa dica é se atentar para a previsão do tempo, principalmente se for época de chuvas. Caso você desconfie que pode chover, cubra o carro completamente. Existem vários modelos de capas disponíveis no mercado.

É claro que é inevitável que seu carro eventualmente acabe ficando debaixo de chuva. Nessa situação, é importante lavá-lo logo após a chuva. Você já viu o que acontece depois que a água evapora.

No entanto, lembre-se: não tenha a preguiça de lavar somente as manchas de chuva. Ao invés de ajudar, isso só ativa o depósito de ácido sobre a lataria.

Uma pintura renovada valoriza e deixa o veículo muito mais bonito. Você quer saber onde há serviços como esse perto de você e agendar seu horário com apenas alguns cliques?

Então, baixe nosso aplicativo ou entre em nosso e-commerce. Além da remoção de chuva ácida, você vai encontrar várias soluções relacionadas à higienização e estética automotiva.