fbpx
Limpeza, higienização e desinfecção: existe diferença?

Limpeza, higienização e desinfecção: existe diferença?

Cuidar da saúde e bem-estar das pessoas que convivem em sua casa é uma das coisas mais importantes. Neste post, você vai saber quais são as principais diferenças entre limpeza, higienização e desinfecção.

Embora o conceito de cada termo desses seja parecido, eles não são exatamente a mesma coisa. Assim, um serviço pode incluir o outro, eles se complementam ou talvez não.

Complicado? Então, continue a leitura sobre limpeza, higienização e desinfecção. Dessa forma, descubra qual é o tipo de serviço adequado para a sua necessidade.

Entenda o que é a limpeza de uma superfície

Esse tipo de procedimento pode ser feito não só por um serviço de limpeza profissional, mas também de forma caseira.

Então, realiza-se a limpeza para remover a sujeira, a poeira, as migalhas e os germes de superfícies ou objetos.

Para manter um ambiente limpo, o mais comum é usar sabão ou detergente dissolvido em água.

Quando você usa produtos de limpeza, esfrega e realiza o enxágue, também é capaz de remover alguns microrganismos.

Logo, há menos vírus e bactérias que podem transmitir doenças para você. Porém, esses germes muitas vezes não são mortos, mas sim transportados para outro local.

Com isso, há o risco de que a infecção atinja esse outro lugar, que pode até mesmo estar longe de onde foi feita a limpeza. Portanto, saiba que os microrganismos se reproduzem muito rapidamente.

Dessa forma, suponha que a população de vírus e bactérias que sobrou no local seja pequena e enfraquecida. Ainda assim, a rápida reprodução faz com que a ameaça retorne com força em pouco tempo.

Na verdade, se estivermos nos referindo ao uso de uma quantidade grande de água para expulsar a sujeira, não estamos falando de limpeza. Isso é uma lavagem.

Borrifador, toalhas de microfibra e produtos de limpeza em balde. Imagem ilustrativa texto limpeza, higienização e desinfecção.
Para a limpeza, você pode usar produtos comerciais ou soluções caseiras.

Na lavagem, é normal que essas impurezas acabem sendo empurradas ainda mais para o interior do móvel, superfície ou objeto. Assim, a peça lavada acaba em um estado pior do que estava antes do serviço.

Além disso, a espuma faz uma sujeira em volta e deixa resíduos e umidade. Por isso, é possível que você só possa voltar a usar a peça dias depois.

Mesmo quando um tecido aparenta estar completamente seco, ainda pode haver umidade escondida em seu interior. Assim, o procedimento pode desencadear na proliferação de ácaros, fungos e bactérias.

Como funciona a higienização?

Pode ser considerado higienização: esfregar o chão com água e produtos de limpeza, usar uma máquina de lavar louças, aplicar substâncias antibacterianas nas superfícies etc.

A higienização de estofados pelo método a seco também está inclusa nisso. Esse é um processo de higienização que não usa água para deixar os seus móveis limpos e saudáveis.

Entre os móveis que podem receber esse tratamento estão sofás, poltronas, colchões, travesseiros, almofadas, cortinas e superfícies de couro.

Em vez de água, é aplicado um solvente próprio para o serviço sobre a superfície do móvel. Esse solvente tem a capacidade de penetrar nas fibras dos tecidos e, com isso, atingir o interior do estofamento.

Chegando lá, a substância absorve as impurezas em volta. Em seguida, o produto é sugado com um aparelho especial, levando embora toda a sujeira que estava no local.

Ao final desse serviço, não fica qualquer resíduo ou umidade no móvel. Portanto, não há risco de proliferação de insetos, bactérias ou mofo no tecido ou no estofamento.

Além disso, a higienização não faz sujeira no ambiente e você já pode voltar a usar o móvel pouco tempo depois do serviço.

Técnico usando um aspirador em um banco automotivo.
Para garantir a sua saúde, é importante higienizar não apenas a sua casa, mas também o seu carro.

Atualmente, a maior empresa do mundo especializada nessa forma de higienização é a Acquazero. A marca ainda oferece soluções de estética automotiva.

Para agendar qualquer serviço, você pode entrar no site ou baixar o aplicativo da Acquazero. Depois, digite o seu endereço, selecione os detalhes do serviço e marque o dia e a hora do seu atendimento.

Para que serve a desinfecção?

É inevitável: os germes fazem parte do nosso dia a dia. Enquanto alguns deles são benéficos, outros são nocivos e causam doenças. Os germes podem ser encontrados no ar, no chão e na água.

Não só isso, como também nas superfícies e objetos que tocamos. É dessa forma que eles se espalham pela nossa pele e nossos corpos. Sim, o novo coronavírus está incluso nisso!

Os desinfetantes são produtos químicos desenvolvidos para a eliminação dos vírus e outros germes que ficam nos objetos e superfícies. Entre os mais comuns estão as soluções de alvejante e álcool.

No Brasil, todos esses produtos desinfetantes precisam ser regulamentados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

É com esse tipo de produto que a desinfecção e esterilização são realizadas.

Muitas vezes, é necessário deixar o produto agindo nas superfícies e objetos por um tempo determinado, para que ele mate os germes.

Embora muitas pessoas acreditem nisso, a desinfecção não necessariamente limpa as superfícies sujas nem remove os germes.

Pia, bacada, espelho e planta. Imagem ilustrativa texto limpeza, higienização e desinfecção.
Sem que você perceba, os germes estão por toda parte.

Diferenças entre a limpeza, higienização e desinfecção

Se eu compliquei para você, aqui vai a conclusão sobre o que muda entre limpeza, higienização e desinfecção.

A higienização de um veículo, móvel, objeto ou superfície pode ser feita por meio de limpeza e desinfecção. Muitas vezes, os dois tipos de tratamentos estão inclusos no serviço.

Assim, a higienização significa que a quantidade de germes naquele ambiente está sendo reduzida a um nível seguro. Mas observe o que é considerado um nível seguro pode variar.

Esse nível vai depender dos padrões ou requisitos de saúde pública de uma cidade, ambiente de trabalho, escola, restaurante etc.

Os procedimentos para fazer a higienização também são próprios de cada local e atividade.

Então, para simplificar para você: a desinfecção mata os germes, a limpeza os remove e a higienização faz as duas coisas.

Deu pra entender a diferença entre limpeza, higienização e desinfecção? Somente com os três métodos a sua casa poderá estar 100% limpa, segura e saudável. Para isso, saiba que pode contar com a gente!