fbpx
Ácaro no colchão e alergias são a combinação perfeita, então livre-se delas

Ácaro no colchão e alergias são a combinação perfeita, então livre-se delas

Você pode não ver, mas é bem possível que tenha ácaro no colchão da sua casa e isso pode te fazer mal. Para pessoas que possuem alergias, esses microrganismos devem ser evitados.

Os ácaros são uma espécie de aracnídeos microscópicos que podem provocar em determinadas pessoas reações alérgicas, na maioria das vezes com implicações no sistema respiratório.

Eles são microrganismos que alimentam-se preferencialmente de partículas resultantes da descamação da pele humana e dos animais domésticos, fungos e outros produtos orgânicos.

Logo, por sua alimentação, acabam aparecendo com maior constância em nossos colchões, sofás, travesseiros, cobertores, tapetes e carpetes.

Além do mais, o fato de muitas casas ficarem fechadas em boa parte do dia, com pouca ventilação, favorecem o aparecimento deles.

Por tudo isso, as suas noites de sono podem ser atrapalhadas pelo ácaro no colchão, que causa alergias e crises respiratórias em pessoas predispostas.

Advertisement

Quais problemas o ácaro pode causar?

Devido à diferente morfologia que apresentam as múltiplas espécies, podemos encontrar ácaros adaptados a viver em quase todos os lugares do planeta.

Apesar de tudo, calcula-se que apenas cerca de 25 espécies de ácaros estejam relacionadas com as doenças alérgicas no ser humano. Mesmo assim, são espécies fáceis de encontrar no ambiente doméstico.

Os principais problemas para o ser humano associados à presença de ácaros são do tipo respiratório, como a asma e a rinite. Isso pode ser agravado em idosos e crianças, principalmente.

Logo, se o contato com os ácaros for constante, pode desenvolver sinais de conjuntivite alérgica, como olhos avermelhados e irritados.

Ácaro no colchão também pode ter um papel na alergia na pele como é o caso da dermatite atópica ou eczema atópica, como desencadeantes ou responsáveis por crises.

Da mesma forma, podem provocar crises de tosse e espirros. Os riscos são maiores em quem tem história de alergias na família, e está mais exposto aos ambientes interiores.

Observe os sintomas das alergias, pois elas se agravam ao longo do ano, piorando em tempos de maior frio e com as casas mais fechadas. Assim, se persistir, procure um médico.

Cama de casal com algumas almofadas em cima e dois abajures acesos do lado. Imagem de texto sobre ácaro no colchão.
Não podemos dividir espaço com os ácaros nas noites de sono.

Cuidados no dia a dia com o seu colchão

É praticamente impossível se livrar completamente dos ácaros na casa. Eles fazem parte do ambiente, mas apesar disso, controlamos com algumas atitudes no dia a dia.

Recomenda-se que em alguns cômodos, como o quarto, a mobília sejam mais simples, evitando-se pequenos objetos, pelúcias e livros que possam ser um depositário de microrganismos.

Portanto, a decoração deve facilitar a limpeza, com superfícies lisas e facilmente laváveis. Assim, fica um pouco mais fácil evitar uma grande propagação de ácaros pelo ambiente.

Para evitar ácaro no colchão, uma limpeza regular é o mais recomendável. Para facilitar, use roupas de camas sempre limpas e capas protetoras de colchão.

Dessa maneira, faça a lavagem destes itens uma vez por semana para conservar o seu colchão livre de microrganismos.

A limpeza das divisões da casa devem ser frequentes e preferencialmente utilizando aspirador em vez de varrer. Assim, evita-se que a poeira do chão se espalhe pelo ambiente.

Do mesmo modo, devemos evitar que a casa fique fechada por muito tempo. É preciso fazer o ar circular, controlando assim a umidade do ambiente.

Recomenda-se manter um arejamento e ventilação convenientes, abrir janelas e deixar entrar o sol para os combater os ácaros e outros microrganismos.

Então, coloque colchas, edredons e travesseiros ao sol periodicamente. Assim, eles perdem umidade nesta hora, dificultando o surgimento de ácaros.

Por fim, mesmo com todos os cuidados, estes “inimigos invisíveis” sempre surgem, e para isso, temos uma dica importante para acabar com eles.

Como matar ácaro no colchão

Como falamos, mesmo que tomemos todos os cuidados, os ácaros sempre surgirão, pois fazem parte do ambiente.

Sendo assim, os cuidados com a sua propagação são constantes.

Para matar a maior parte dos ácaros que estejam no seu colchão podemos usar alguns produtos que temos em casa. A dica é uma solução viável e bem conhecida: o vinagre.

Cama de casal com algumas almofadas em cima e dois abajures acesos do lado. Imagem de texto sobre ácaro no colchão.
Use o borrifador para aplicar a solução de vinagre e água no colchão.

Misture 200 ml de vinagre em 4 litros de água e aplique sobre a superfície do colchão. Depois disso, passe uma escova de cerdas macias com delicadeza para não estragar as costuras.

Para finalizar, passe um pano limpo e seco e se possível, aplique o aspirador de pó para remover os restos de ácaros e suas fezes que estejam mais profundos no colchão.

Da mesma forma, existem produtos específicos vendidos em supermercados e drogarias que podem ser usados de tempos em tempos.

Além de uma limpeza específica para matar ácaro no colchão, este item que nos acompanha nas noites de sono precisa de estar sempre o mais limpo possível.

Para isso, existem diversas formas de limpá-lo, deixando-o livre não só de ácaros, como fungos, bactérias e outros microrganismos.             

Como higienizar colchão sem sair de casa?

Uma técnica comumente utilizada para limpar colchão a seco é o uso de bicarbonato de sódio. Jogue o produto na superfície, principalmente nas áreas mais manchadas. Deixe agir por 30 minutos.

Logo depois, esfregue com uma escova macia e deixe agir por mais meia hora. Aspire o colchão para retirar todo o excesso do bicarbonato. Assim, ficará livre das sujeiras mais grossas que estejam no colchão.

Logo, essa técnica de limpeza tem uma grande vantagem de não usar litros de água. Assim, evita-se que o colchão fique úmido e favoreça o aparecimento de ácaros e fungos.

Do mesmo modo, para tirar odores do colchão use o vinagre aliado ao álcool. Assim, além de matar os ácaros, ainda podemos deixar o item mais cheiroso.

Misture meio copo de vinagre branco com meio copo de água morna, e acrescente três colheres de sopa de bicarbonato. Em seguida, aplique esta solução em um pano e espalhe sobre o colchão.

Faça a limpeza até sentir que o cheiro anterior do colchão já se foi, e resta apenas o cheiro do vinagre. Depois, passe um pano com um pouco de óleo de lavanda para tirar o cheiro do vinagre.

Quarto com uma cama de solteiro a direita e uma cadeira ao lado. Imagem ilustrativa do texto sobre ácaro no colchão.
Ambientes mais limpos facilitam a limpeza do colchão.

Todas estas técnicas de higienização precisam ser precedidas de uma manutenção do colchão, onde deve ser aplicado um aspirador de pó ao menos uma vez por semana.

Assim, deixar o colchão ao sol de tempos em tempos também ajuda. Com isso, evita-se o acúmulo de pele morta que é um dos alimentos responsáveis pelo aparecimento do ácaro no colchão.

Limpe travesseiros e cobertas

Como já dito, um cuidado bem fácil para deixar o seu travesseiro e coberta livres dos ácaros é deixar estes itens ao sol com frequência. Isso ajuda a eliminar a sua umidade e evitar o surgimento de microrganismos.

A lavagem na máquina pode ser feita para alguns tipos de travesseiros, utilizando sabão de coco preferencialmente.

Da mesma maneira, observe as instruções de lavagem, pois alguns materiais são mais delicados.

Para os travesseiros, é preciso também observar a sua vida útil, conforme orientações do fabricante. Isso porque com o tempo, o acúmulo de ácaros é inevitável, chegando a um terço do peso do item.

Então, chega um certo momento que o travesseiro deve ser eliminado para evitar danos à saúde.

Para as cobertas, além de deixar no sol com certa frequência, a lavagem na máquina é recomendada. Para isso, siga as instruções do fabricante para conservar a vida útil do item.

Evite deixá-las guardadas por muito tempo. Mesmo que não esteja usando, é preciso deixá-las em ambiente ventilado, pois enquanto estiverem sem uso, podem surgir não só ácaros, mas também o mofo.

Fique atento também ao seu sofá

Não só no colchão, cobertores e travesseiros que os ácaros acabam tomando conta com o tempo. Um item central da casa também está repleto destes “inimigos invisíveis”.

Além da proliferação de ácaros sobre o colchão, a movimentação de pessoas do dia a dia faz com que o sofá seja um ambiente propício para o surgimento deles.

Dessa forma, a limpeza deste item é fundamental para proteger a saúde de todos da casa, em especial, aqueles que sofrem com alergias e problemas respiratórios.  

Nessa hora, uma ajuda profissional como da Acquazero é útil, conforme podemos ver no vídeo abaixo. Confira!

O acúmulo de sujeira trazido por nossas roupas e a descamação da pele quando nos sentamos, aliado à umidade do ambiente favorece a proliferação dos ácaros.

Assim, para evitar isso, uma limpeza semanal com um aspirador de pó ajuda a manter o ambiente mais limpo. Portanto, a limpeza com um pano umedecido com detergente neutro já ajuda.

Porém, ao menos uma vez por ano é preciso realizar uma limpeza especializada do seu sofá, como a feita pela Acquazero. Em casa com pessoas alérgicas deve ser executada de seis em seis meses.

Um cuidado profissional do seu sofá ajuda na limpeza mais eficiente e conservação da vida útil do estofado.

Da mesma forma, se o estofado for impermeabilizado, facilita a limpeza do dia a dia.

Gostou das nossas dicas? Compartilhe o nosso conteúdo com os amigos e fique ligado em mais dicas do nosso blog. Se preferir, agende logo uma visita da Acquazero mais próxima de você pelo e-commerce ou pelo aplicativo.