fbpx
Como limpar banco de couro da forma correta

Como limpar banco de couro da forma correta

Saber como limpar um banco de couro pode parecer algo complicado, porém é mais simples do que parece. Mas para ter êxito e não prejudicar o seu material, é necessário que tome alguns cuidados na hora de fazer o procedimento.

Apesar da facilidade de limpar um couro, mantê-lo em bom estado é uma coisa mais complicada.

É preciso sempre contar com um pano para limpar a superfície assim que qualquer impureza cair sobre o material. Afinal, o revestimento em couro é muito delicado a alguns materiais e pode facilmente manchar. 

Se o seu sonho de consumo é ter um veículo com esse revestimento ou se já possui um carro com bancos de couro, é importante ter em mente que o processo de limpeza mais simples precisa ser periódico e o mais elaborado, com uso de hidratantes, pelo menos a cada três meses. 

Por causa disso, vamos oferecer a você algumas dicas importantes para que consiga mantê-lo sempre limpo e em bom estado. Ao seguir as orientações que vamos passar a seguir, muito provavelmente você terá um carro com cheiro e aspecto de novo. Acompanhe a leitura. 

Como limpar banco de couro?

Para saber como limpar banco de couro, é preciso ficar atento a algumas questões para que não afete a qualidade e nem retarde a vida útil do material. Porém, diferente do banco de tecido tradicional, todo o processo de limpeza é mais simples, necessitando de poucos itens. 

Dessa forma, para iniciar o processo, separe duas esponjas macias, duas flanelas, uma garrafa de detergente neutro e um balde. Após isso, misture uma parte do sabão para três de água até gerar bastante espuma. Com a solução, comece a passá-la com a esponja em movimentos circulares. 

Assim, ao finalizar, retire a espuma com a flanela umedecida com água limpa. Repita todo o processo mais uma vez até que o detergente tenha sido totalmente removido. Pronto, agora você sabe como limpar um banco de couro. Não esqueça de fazer o mesmo procedimento em todas as outras partes revestidas de couro.

Ao final de toda essa etapa, é aconselhável hidratar o banco de couro. Essa parte é de suma importância para manter o aspecto de novo e manter a qualidade do material. E é nesse momento que entra a outra esponja e flanela. 

Com o banco ou outra superfície seca, aplique o hidratante e passe com a esponja. Caso o couro nunca tenha passado por um processo como esse após sair da fábrica, passe uma quantidade razoavelmente grande. Continuando, espere de cinco a dez minutos e faça uma nova aplicação, dessa vez usando uma quantidade menor do produto. 

Pronto, agora basta esperar secar e passar uma flanela seca para dar o polimento e acabamento final ao material. Para saber se o trabalho funcionou, após todo esse processo, sente no banco e observe se ele faz o rangido natural do atrito do couro com a sua roupa. 

Dicas que deixará o banco de couro em bom estado

Agora que você conhece o processo de limpar bancos de couro ou qualquer outra superfície feita com esse material, é hora de apresentarmos algumas dicas importantes para conseguir preservar o aspecto de novo.

O primeiro ponto é realizar a limpeza com periodicidade, nem que seja apenas um aspirador de pó e um pano de microfibra úmido. Principalmente os bancos que contarem com um revestimento claro, esse processo precisa ser feito toda semana.

Além disso, uma dica que serve para todos os tipos de bancos é limpar superfície na hora que alguma impureza cair sobre o tecido ou material.

Ou seja, evite o aparecimento de manchas que irão dar mais trabalho para você no futuro. Isso nos leva a próxima dica: utilize sempre materiais específicos.

Por mais que o sabão ou detergente neutro sejam recomendados, qualquer produto preparado exclusivamente para o couro vai ajudar que o material preserve suas propriedades.

Por fim, nunca deixe o banco úmido. Esse pode ser um dos grandes vilões para quem possui esse tipo de revestimento. O couro com umidade causa mofos que vão entregar um cheiro desagradável, além de estragar o material.

Por isso, voltamos a frisar, caso queira um trabalho mais profissional, procure uma empresa especializada nesse tipo de procedimento. 

Separamos o vídeo abaixo para ajudar você a eliminar o mau cheiro que pode aparecer em seu carro, caso apareça esse problema. 

Quais os cuidados devo tomar ao limpar um banco de couro?

O couro é um material delicado e precisa que alguns cuidados sejam tomados para que não acabe rachando. Por isso, separamos algumas dicas importantes para que consiga preservar o seu banco ou outras superfícies que possuem o couro como acabamento.

Observe a sujeira

Nem todo banco vai necessitar de uma limpeza completa como a que citamos anteriormente. Afinal, devido a sua delicadeza, quanto menos você expor o seu couro a esse procedimento melhor. Por isso, a primeira dica ao decidir fazer esse processo é passar um aspirador de pó e um pano úmido logo em seguida. 

Em muitos casos, essa combinação pode trazer os resultados e a aparência de novo. Porém, caso a sujeira ainda permaneça, aí sim é hora de apelar para a solução de detergente neutro e água. 

Não utilize hidratante de pele comum 

Você pode ter ouvido que os hidratantes de pele são boas opções para quem deseja saber como limpar banco de couro de uma maneira mais barata.

Porém, saiba que essa prática não é aconselhável por ser um produto específico para outra finalidade e como resultado, deixa a superfície com aspecto melado e escorregadio, além de reduzir a vida útil. 

Vale lembrar que a pele humana é bem diferente do couro automotivo. Dessa forma, ao aplicar o hidratante comum, a tendência é que ele não penetre da forma correta sobre a superfície do banco e acabe formando uma película com excesso de produto.

Além disso, mesmo que você passe um pano seco, algumas partículas podem acabar escapando do couro depois. 

Outros produtos que são muito usados, mas que também não são aconselháveis, são os lustra-móveis e o silicone.

Ambos possuem o mesmo problema do hidratante comum, porém com um agravante, podem ressecar o couro com o passar do tempo e danificá-lo. Então cuidado. É praticamente impossível recuperar um banco com esse revestimento. 

Dessa forma, caso não queira arriscar em fazer a sua própria limpeza de banco, uma das opções é contratar uma empresa especializada em estética automotiva. Assim, você terá a garantia que estará proporcionando o melhor tratamento possível para o couro do seu carro. Vale lembrar que esse serviço também pode ser contratado para algo da sua casa. 

Descubra o tipo de couro do seu carro

Atualmente, estamos no meio de uma polêmica sobre o que podemos chamar de couro sintético ou natural. Segundo a lei nº 11.211 de 2005, só podem ser denominados de couro o material que vier de origem animal, que são impermeáveis, possuem maior elasticidade e vida útil mais longa que os demais. 

Dessa forma, antes de você aplicar os processos de limpeza que aprendeu até aqui, é importante conhecer qual o tipo de material que reveste o seu carro.

Os sintéticos são feitos com base em materiais como poliuretano, polipropileno, polivinílico ou o ecologicamente correto, feito por meio das seringueiras. 

Com base nessa informação, é importante observar os cuidados que cada um exige na hora da limpeza. Geralmente os sintéticos não podem ser expostos a uma grande quantidade de água por não serem totalmente impermeabilizados. Acompanhe o passo a passo nesses casos:

  • aplique sabão neutro na esponja úmida e limpe a superfície;
  • seque com uma flanela e repita o processo em manchas mais difíceis;
  • mergulhe um pedaço de algodão no álcool e esfregue sobre a superfície;
  • limpe toda a área com um flanela úmida e remova o excesso de sabão ou álcool; e
  • certifique-se que todo o álcool foi removido, ele pode causar manchas definitivas.

Cuidado com a esponja

Agora que você identificou que a sujeira precisa passar pelo processo completo para ser retirada, é importante observar o tipo de esponja que está usando. Você pode utilizar as de cozinha com dois lados, porém, todo cuidado é pouco na hora de usá-la. O lado mais abrasivo só deve ser escolhido caso tenha uma sujeira muito pesada. 

Ou seja, devido a sua superfície abrasiva, a esponja pode acabar danificando em vez de preservar o material. Por isso, caso tenha que passá-la, esfregue com bastante cuidado e delicadeza.

Esponjas podem ser utilizadas na limpeza do couro, mas os cuidados precisam ser redobrados para não haver danos no material.

Evite colocar muita força, afinal, a própria espuma vai atuar para facilitar a remoção. Além disso, não se esqueça, é um processo demorado e que exige bastante paciência. 

O couro é um dos revestimentos mais procurados para ser colocado em carro, porém, por ser um elemento caro, acaba afastando muitos proprietários. Dessa forma, podemos falar que todo cuidado é pouco para quem possui um banco com o material. 

Por mais que possua uma limpeza fácil de ser feita, é necessário tomar cuidados para que você não perca a qualidade da peça. Vale lembrar que em quase todos os casos, não há como recuperar o couro. A única solução é fazer a troca completa do revestimento. 

Gostou do nosso conteúdo sobre como limpar banco de couro e quer ficar por dentro de outras dicas como essa? Acompanhe o nosso blog e descubra outras soluções caseiras para o seu carro. 

A Acquazero realiza o serviço de limpeza e hidratação do couro, tanto em nossas loja físicas, quanto por delivery. Agende um horário pelo nosso site ou aplicativo e conheça mais sobre nossos serviços!